Marista Brasil

Mais de 200 estudantes do Marista Brasil trocam as férias por atividade de voluntariado.

Saiba mais

Projeto, que reúne cerca de 400 pessoas, leva estudantes do Ensino Médio de 20 cidades para
realizar ações em locais de vulnerabilidade social.

O mês de julho costuma ser esperado pelos jovens por conta do período de férias escolares. Há
quase 20 anos, os dias de recesso têm outro significado para os nossos estudantes do Ensino Médio do Marista Brasil, que trocam o descanso por atividades de voluntariado em comunidades com
alguma situação de vulnerabilidade social. Neste ano, cerca de 400 pessoas estão envolvidas na
Missão Solidária Marista, entre os dias 15 e 21 de julho, que engloba visitas comunitárias, oficinas de
recreação com crianças e ações de gesto concreto nas cidades de Ribeirão Preto (SP), Florianópolis
(SC) e Cascavel (PR).

A iniciativa acontece anualmente e abrange alunos dos Colégios Maristas, Escolas Champagnat e
Marista Escolas Sociais. Ao todo, mais de 20 cidades de cinco estados e Distrito Federal participam
do projeto levando nossos estudantes para realizar oficinas educativas e lúdicas, reformas e
manutenções na infraestrutura de ambientes das comunidades acolhedoras.

A Missão Solidária Marista é uma experiência de voluntariado que contribui para educação para a
solidariedade, o lema deste ano foi inspirado na Campanha da Fraternidade de 2024 e o lema na
frase do Papa Francisco: “Somente o rosto do outro é capaz de despertar o melhor em nós”. “A
proposta é motivar a participação dos estudantes nesta experiência, a partir da cultura do encontro,
como oportunidade de aprendizagem gerando engajamento solidário e formando para o exercício
da cidadania. A Missão Solidária Marista proporciona a vivência e o encontro de realidades distintas,
que juntas conseguem encontrar um ponto de diálogo, apoio e solidariedade”, reflete Irmão Paulo
Soares, gerente de Identidade, Missão e Vocação do Marista Brasil.

Educação para a solidariedade
Os jovens são recebidos por educadores e alunos das unidades do Marista Escolas Sociais, que
atendem gratuitamente cerca de 12 mil alunos em 22 escolas localizadas em áreas de
vulnerabilidade social. As Escolas utilizadas como referência para a Missão tornam-se espaço de
aprendizagem e fortalecimento de vínculos para todos que participam da experiência. “O projeto
tem como objetivo fomentar o engajamento social dos estudantes maristas a partir da ética cristã,
despertando para o voluntariado e promovendo o encontro e o aprendizado sobre toda e qualquer
garantia de direitos de crianças, adolescentes e jovens. Nessa semana, os estudantes vão conhecer,
visitar e atuar em atividades que proporcionam bem-estar e impacto positivo nas comunidades”,
revela Matheus Henrique Alves, coordenador da área de evangelização do Marista Brasil.

Promovendo um gesto concreto
Além de momentos de partilha, visitas comunitárias, atividades com crianças, escuta e diálogo com
os moradores, os jovens se reúnem para realizar melhorias em alguns ambientes. Em Ribeirão Preto
(SP), os alunos vão revitalizar a quadra poliesportiva Branca Salles, fazendo a pintura, limpeza e
manutenção dos espaços internos e externos, além de desenvolver oficinas com crianças em três
instituições sociais e a participação nas escutas com as famílias atendidas pelo CRAS da cidade.

Na cidade de Florianópolis (SC), os voluntários irão pintar salas, portas, janelas e farão a organização
dos equipamentos e móveis (da própria instituição). Também será realizada a limpeza da Associação
Evangélica Beneficente de Assistência Social, a organização das hortas comunitárias e produção de
sabão e detergentes. No Asilo São Joaquim, serão realizadas melhorias como pintura de sala e
banheiros e ambientação dos quartos (organização de bancadas, camas e outras pequenas
manutenções). Além disso, os estudantes vão revitalizar os espaços com manutenção de gruta
(seixos marrons, estrada com britas e passadeiras de madeiras e cordas) e limpeza geral do espaço.

Já em Cascavel (PR), os estudantes vão renovar um campo de futebol e espaço comunitário, a
revitalização de uma nascente de água e espaço de lazer, melhorias com pintura e limpeza de uma
casa de recuperação terapêutica e manutenção na horta da escola marista. Além da promoção da
atividade Rua da Brincadeira para crianças e a imersão com jovens atendidos no Centro da
Juventude e no Centro de Convivência Intergeracional (CRAS).

Informações Missão Solidária 2024 – de 15 a 21 de julho
Ribeirão Preto (SP):
Total de pessoas participantes: 170 (aproximadamente)
Local: Marista Escola Social Ir. Rui – Jd. Maria das Graças – Av. Manoel Antônio Dias, 2155 – Parque
Ribeirão Preto, Ribeirão Preto – SP
Gesto concreto: Revitalização da quadra poliesportiva Branca Salles: pintura, limpeza e manutenção
dos espaços internos e externos.

Cascavel (PR):
Total de jovens que participam: 100 (aproximadamente)
Local: Marista Escola Social Cascavel– Cascavel-PR – Av. Corbélia, 1967 – Periolo, Cascavel – PR
Gesto concreto: – Revitalização de um campo de futebol e espaço comunitário no território onde está
presente a unidade marista (CAMPO DO COLMÉIA).
– Revitalização de uma nascente de água e espaço de lazer da comunidade (MINA DE ÁGUA DO
CATARATAS).
– Revitalização dos espaços em uma casa terapêutica (MOLIVI).
– Rua da Brincadeira: inauguração do campo de futebol, disponibilização de brinquedos para as
crianças, contação de histórias, brincadeiras e lanche preparado pelos voluntários.
– Horta: limpeza, preparação dos canteiros e construção do sistema de irrigação (MARISTA ESCOLA
SOCIAL CASCAVEL).

Florianópolis (SC):
Total de jovens que participam: 100 (aproximadamente)
Local: Marista Escola Social Lúcia Mayvorne– Florianópolis-SC – Rua General Vieira da Rosa, S/N –
Centro, Florianópolis SC
Gesto concreto: Associação Evangélica Beneficente de Assistência Social – AEBAS – Pintura de salas,
portas, janelas e organização com equipamentos e móveis (da própria instituição), limpeza,
manutenção etc.
– Ocupação Mariele Franco – Organização de horta comunitária com três canteiros de
hortaliças; e produção de sabão e detergentes.
– Asilo São Joaquim: Pintura de sala e banheiros, quartos para ambientar (organização de bancadas,
camas e outras pequenas manutenções).
– Gruta e Área Ecológica (Marista Lucia Mayvorne): Revitalização de espaço, com manutenção de
gruta (seixos marrons, estrada com britas e passadeiras de madeiras e cordas) e limpeza geral do
espaço (plantio etc.).

PARCEIROS DO PROJETO
Grupo Sorrento | La Violetera – Apoio com recursos financeiros
Tintas Darka – Apoio com tintas e materiais gerais destinados às benfeitorias nos territórios